Escrito em por & arquivado em Artigos, Danilo, eSports.

ESports é um tema que anda crescendo muito ultimamente. Pessoalmente é um assunto que estou acompanhando bastante visitando comunidades de jogos competitivos. Gostaria de compartilhar com vocês algumas das experiências e coisas que aprendo nessas comunidades.

 

Mas antes, que tal darmos uma olhada numa história breve dos ESports?

 

Para começar, vocês já tinham ouvido falar do termo e-sport antes? No caso 4 ou 6 anos atrás?

 

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Gaymer Review.

Há algumas  semanas atrás a série Metal Gear era como caviar para mim, quando vi uma promoção no site da Submarino vendendo a coletânea por apenas 38 dilmas, percebi que era a hora de isso mudar. Era até chato quando meus amigos comentavam o quanto a série era incrível e a única reação que eu podia expressar era sorrir e acenar. Perdi várias referências e piadinhas com o tal “Snake In the box”, mas agora conseguirei correr atrás do tempo perdido. Zerei o título lançado PS1 recentemente e a sensação que tenho agora é: por que demorei tanto?

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos.

Apesar do que muitos pensam, lésbicas sofrem tanto preconceito quanto os gays. Tendo que enfrentar diversos obstáculos na sociedade que vão além da sexualidade. Muitas conquistas foram obtidas graças à representatividade feminina em várias mídias mostrando o emponderamento feminino. Ainda há muito o que ser feito em questões como diferença salarial, machismo e igualdade de gênero. Mesmo com todas essas questões à serem resolvidas, as mulheres que fazem parte da comunidade LGBT são vistas como fetiche para muitos homens ou são criticadas por suas vestimentas e trejeitos. É ingenuo aquele que pensa que elas sofrem menos abusos ou são menos desrespeitadas só por serem mulheres.

Assim como em outras mídias que abusam dos estereótipos para criar personagens chamativos sem se importar com o conteúdo, provavelmente, ofensivo que acabam criando. Os games também não fugiram dessa regra por muito tempo, mas felizmente os tempos mudaram e nos  trouxeram personagens consistentes que realmente conseguimos nos identificar.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Gaymer Review.

A indústria dos games está em uma época cinematográfica, com grandes blockbusters sendo lançados todos os anos, com aquele sentimento de simplesmente querer jogar algo sem muitas pretensões ficando um pouco esquecido. Os jogos antigos nos encantaram, nos fizeram os gaymers que somos hoje, mas, assim como tudo na vida, as mudanças são inevitáveis.

Não quero dizer que os clássicos morreram ou que seus elementos ficaram perdidos no tempo, muito pelo contrário. Eles ainda estão aí, só que com muito menos destaque! E foi nesse mar de jogos tirados diretamente do cinema que a Ubisoft lançou em 2014 um raio de luz (quase que literalmente) chamado Child of Light para Xbox 360, Wii U, PS3, PS4, PS Vita e PC.

Confira abaixo nosso review: Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Artigos, Danilo, TOP.

  Ontem (dia 29/01) foi dia da da visibilidade Trans. Vamos aproveitar a data para representar nossos amigos(as) nesse post.   Já parou para pensar em quantos personagens transexuais existem nos videogames? Você ficaria surpreso, pois existem ótimos exemplos em jogos e todos eles tratam isso de uma forma bem natural, tendo vilões e heróis carismáticos com essa característica em comum.  

Vamos ver abaixo os 5 transexuais em jogos que você (talvez) não conhecia.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos.

Alô, Alô, o blog voltou graças a Deus!

Gif ines divas dos games  

Após esse hiatus de um mês, o Gayme Over está de volta à ativa para apresentar alguns games que você não conhece e, talvez, nem vai fazer questão de conhecer. O intuito aqui é só curiosidade mesmo.

 

Divas do pop fazem parte do cotidiano dos gays, pelo menos em sua esmagadora maioria, mas além de lindas e talentosas, o que Neyde Spears, As Garotas Apimentadas e Kátia Perez tem em comum? Todas elas já tiveram seu próprio game! Isso mesmo jovem gaydauan, já que essa amada indústria tenta arrancar cada centavo do nosso suado dinheirinho, por que não fazer algo de qualidade duvidosa, divertir uns gaymers e ainda movimentar o capitalismo?

 

Aposto que ao término deste post você, querido leitor, irá correndo procurar essas pérolas na internet e adicioná-las à sua coleção divônica.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos.

Em 2011, a Nintendo anunciou seu novo console. O grande diferencial do aparelho está no controle com uma tela própria, permitindo que os jogadores o utilizem sem necessidade da TV. A ideia causou um certo alvoroço na comunidade gamer, deixando os fãs à espera por mais novidades, incluindo a mais importante do mercado atual: o potencial do hardware. Novas informações foram divulgadas, porém, não fugia muito do óbvio ou algo que todos já viram em outros consoles das gerações anteriores.   Lançado em 2012, o Wii U chegou para saciar a curiosidade dos mais ansiosos.

Neste mesmo ano, a Sony e a Microsoft anunciaram seus respectivos consoles da 8ª geração, deixando a big N com um ano de vantagem para mostrar aos seus fãs e gamers  o porquê que deveriam adquirir o Wii U, ao invés do Play Station 4 ou do Xbox One. As third parties deram uma força e relançaram alguns títulos do Play Station 3 e do Xbox 360 para o U, mas a sede por novidades ainda rondava os fãs da gigante dos videogames. Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos.

Você nem imagina, mas o número três possui uma profunda simbologia ligada à religião que se reflete em nosso modo de vida e até mesmo no sistema de governo que utilizamos. Só para exemplificar: São necessárias no mínimo três pessoas para que a democracia seja viável, o Estado é regido pelos três poderes (Legislativo, executivo e o judiciário), no cristianismo temos a santíssima trindade (O pai, o filho e o espírito santo), o triângulo é a primeira forma geométrica, na mitologia grega temos as Moiras que tecem o destino de humanos e deuses, os três porquinhos e por aí vai! 

Tive um professor na faculdade que, em praticamente todas as aulas, citava alguma coisa sobre o número três. Tentei relacionar o tema com os games e descobri que eles também possuem algum tipo de trindade, saca só:

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Game Movies.

Muito se fala sobre o que levou o diretor e roteirista Paul Anderson a elaborar uma trama tão diferente da original, na época do lançamento do primeiro filme suas justificativas eram bem diferentes das atuais

 

Resident Evil é um sucesso, tanto no cinema quanto nos videogames, cinco filmes em live action foram produzidos e o sexto capítulo da saga cinematográfica está em produção. Segundo o IMDB, juntos os filmes já arrecadaram mais de US$915 milhões, tornando-se a adaptação de um game para o cinema mais bem sucedida da história. Mesmo passados 13 anos desde o lançamento de RE: O Hóspede Maldito, ainda existem discussões calorosas entre os fãs dos games. Muitos reclamam da história não ser fiel ao material original e protagonizado por uma personagem que não existe em nenhum jogo, enquanto os personagens transportados direto dos jogos para o cinema são meros coadjuvantes. O que ainda intriga muita gente é: Por que os filmes são tão diferentes?

 

Leia mais »