Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Game Movies, Gaymer Review.

Muitos fãs de Resident Evil reclamam sobre os filmes live action dirigidos por Paul Anderson. Segundo esses “haters”, o principal motivo da desavença é o fato de não seguir a história dos games. Porém, se engana quem acredita que os filmes em CG da série são lindos e maravilhosos, só pelo fato de acharem um espacinho em meio a confusa time line da franquia.

Primeiro tivemos RE Degeneração, de 2008, que conseguiu homenagear de forma simplória o décimo aniversário de Resident Evil 2. Em 2012, RE Condenação veio com um enredo confuso, que não agrega praticamente nada a franquia, tornando-se apenas um delicioso fan service necessário para alimentar a indústria. Agora temos Resident Evil: A Vingança, que mais uma vez joga fora a oportunidade de fazer algo no mínimo interessante. Com enredo manjado, dublagem de qualidade duvidosa e uma animação que decaiu bastante em comparação com seus antecessores.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Game Movies, Gaymer Review.

Como disse na última edição do GaymerCast, minhas expectativas para o Capítulo Final estavam bem baixas. Então, eu simplesmente desliguei o cérebro e fui com a intenção de me divertir, simples assim. Nada de exigir enredos elaborados ou um desfecho que (por um milagre) conseguisse tapar todas as crateras da franquia. E essa foi exatamente a sensação que tive, com cenas de ação frenéticas e a Alice mais humanizada da série, consegui completar meu objetivo.

Os fãs dos longas vão adorar, já os fãs dos games nem tanto. É até difícil de decifrar o enigma que se tornou a mente de Paul Anderson quando o assunto é a história de Resident Evil. E essa foi a única maneira que encontrei para aceitar todas as explicações dadas no suposto fim da franquia no cinema.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Game Movies.

É praticamente impossível assistir algum filme baseado em games e não ficar com o pé atrás. São muitos os exemplos que prejudicam as expectativas de qualquer pessoa, gerando desconforto só com o anúncio. O caso de “Assassin’s Creed” era muito promisssor, principalmente pelo elenco afiado. Nomes como Michael Fassbender, Marion Cottilard e Jeremy Irons chamaram minha atenção.

Porém, assim como diversas adaptações que já conhecemos, o blockbuster da Ubisoft sofre para manter o equilíbrio entre um longa metragem e um video game na tela. Mesmo com suas inúmeras referências à franquia original, o filme não se sustenta apenas com suas elaboradas cenas de ação e nos apresenta um desfecho apressado e sofrível.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Game Movies, News.

A Ubisoft acaba de anunciar o lançamento de “Assassin’s Creed: Livro Oficial do Filme”, da premiada autora Christie Golden e publicado no Brasil pela editora Galera Record. Com 308 páginas, a obra já está disponível no varejo físico e digital por R$34,90, antecedendo a estreia do filme Assassin’s Creed, que chega aos cinemas nacionais em janeiro.

 

 

Baseado na série de jogos Assassins Creed, o romance conta a história de Callum Lynch que, por  da máquina que desbloqueia as memórias genéticas, Animus, se vê na pele de Aguilar. Ancestral do protagonista que viveu no período da Inquisição Espanhola, no século XV. Durante essa viagem, Lynch descobre ser descendente de uma misteriosa sociedade secreta chamada de Irmandade dos Assassinos. Grupo que luta pelo direito do livre-arbítrio dos homens e que, ao longo dos anos, acumulou incríveis conhecimentos e habilidades usados no combate à poderosa e tirana Ordem dos Templários, uma organização que busca aprimorar a humanidade por meio da ciência.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Game Movies, Sem categoria.

Em nossa primeira série especial, o Gayme Over irá destrinchar os cinco filmes de RE. Nesse post contaremos curiosidades da produção, erros de enredo, continuidade e faremos comparações com o game numa análise detalhada de cada título lançado até o momento, apontando os erros e acertos nos longas do diretor Paul W. S. Anderson.

 

Nesse post nos comprometemos em dizer a verdade, nada mais que a verdade mesmo que possa irritar alguns fãs dos filmes e dos jogos!

Verdade Rupaul

 

Nesta primeira parte temos como destino a cidade de Raccoon City, mais precisamente o laboratório secreto chamado de Colmeia! Então prepare-se e venha conosco nessa viagem turbulenta que são os 14 anos de Resident Evil no cinema!

 

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Game Movies, TOP.

Não é de hoje que os videogames bebem da fonte inspiradora chamada Hollywood. São inúmeras as referências que podemos encontrar, principalmente nos jogos atuais, de histórias vindas de clássicos do cinema. Os títulos recentes que seguem a linha storytelling (mais focado em contar uma história bem elaborada do que uma jogabilidade inovadora) têm aumentado consideravelmente, por exemplo: Beyond, The Walking Dead e Life Is Strange são apenas alguns dos títulos recentes.

Podemos ver o inverso em filmes que não utilizam uma temática gamer, mas que encontramos pequenos traços muito similares com os jogos eletrônicos. Pode ser um cenário, uma fala, ou até mesmo visões de futuros pós-apocalíticos.

Abaixo nós listamos algumas dessas referências que a indústria do cinema não faz questão alguma de disfarçar, lembrando que em certos casos são apenas detalhes que lembram os games, não possuindo o mesmo enredo ou personagens.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Game Movies.

Muito se fala sobre o que levou o diretor e roteirista Paul Anderson a elaborar uma trama tão diferente da original, na época do lançamento do primeiro filme suas justificativas eram bem diferentes das atuais

 

Resident Evil é um sucesso, tanto no cinema quanto nos videogames, cinco filmes em live action foram produzidos e o sexto capítulo da saga cinematográfica está em produção. Segundo o IMDB, juntos os filmes já arrecadaram mais de US$915 milhões, tornando-se a adaptação de um game para o cinema mais bem sucedida da história. Mesmo passados 13 anos desde o lançamento de RE: O Hóspede Maldito, ainda existem discussões calorosas entre os fãs dos games. Muitos reclamam da história não ser fiel ao material original e protagonizado por uma personagem que não existe em nenhum jogo, enquanto os personagens transportados direto dos jogos para o cinema são meros coadjuvantes. O que ainda intriga muita gente é: Por que os filmes são tão diferentes?

 

Leia mais »