Escrito em por & arquivado em Artigos, Danilo, Gaymer Review.

É bem surpreendente a quantidade de jogos de qualidade que 2018 promete trazer: God of War, Shadow of the Colossus, a possibilidade de Last of Us 2, Vampyr, Monster Hunter World, entre vários outros. Temos também uma seleção bem interessante de jogos de luta para esse ano como Soul Calibur VI, BlazBlue CrossBattle, Fighting EX Layer,  e, claro, Dragon Ball Fighter Z e Dissidia: Final Fantasy NT.

Os betas desses dois últimos aconteceram esta semana e eu conferi ambos. Fiquei surpreso o quanto os dois títulos têm tanto em comum, mesmo sendo diferentes. Ambos os jogos são batalhas de 3 vs 3, onde você joga com personagens icônicos de cada universo em lutas frenéticas, cheias de efeitos visuais e com um apelo casual forte por terem comandos simples, mas que propõe uma profundidade estratégica.

E ainda mais impressionante é como ambos os jogos tiveram um beta conturbado, com um começo cheio de falhas técnicas que foram melhorando no decorrer da semana.

Mas tudo bem. Precisamos manter em mente que betas servem para isso.

 

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos.

Já falamos aqui no blog como foi experimentar o óculos de realidade virtual no PC com o game “The Unspoken”. Agora, depois de sofrer muito para conseguir a tão cobiçada senha para testar o modelo da Sony, podemos dizer quais foram nossas impressões sobre essa nova mania que está tomando conta dos games atualmente. Batizado de PlayStation VR (antes seu codinome era Project Morpheus) o novo acessório promete elevar a imersão nos games introduzindo o jogador no mundo da realidade virtual.

O PS VR era o carro chefe da Sony este ano, todo mundo queria testar e para isso era necessário chegar pelo menos duas horas antes do inicio da feira para pegar um bom lugar na fila e correr para o estande do PlayStation. Os primeiros a chegar já poderiam testar os óculos de primeira, mas os outros deveriam pegar uma senha com horário específico e por isso muita gente que chegou tarde perdeu a oportunidade utilizar o novo acessório.

Depois de algumas tentativas fracassadas, somente no último dia consegui um horário para utilizar o VR e a ansiedade estava nas alturas. O que eu não esperava era uma demo com alguns problemas graves que atrapalharam minha experiência e causou uma primeira impressão ruim.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos.

A Brasil Game Show está com um extenso catálogo de jogos disponíveis para o publico se aventurar, vários jogos ainda não foram lançados e o evento sabe como aumentar ainda mais as expectativas. É praticamente impossível testar tudo em um só dia devido ao grande número de pessoas e as imensas filas que se formam em questão de minutos após a abertura dos portões. Mesmo assim, poder jogar seu título favorito antes de todo mundo e estar rodeado de pessoas que curtem videogame é uma experiência válida. Além de ser uma excelente oportunidade para conhecer gente nova e puxar aquele papo enquanto esperamos.

Nós do Gayme Over ainda não conseguimos jogar todos os jogos que queremos, porém, tivemos a oportunidade de testar games bem legais que estão em seus últimos momentos no forno, faltando apenas alguns meses para o lançamento oficial.

 

Confira nossas impressões sobre o que jogamos na feira (até agora):

 

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos.

Em 2011, a Nintendo anunciou seu novo console. O grande diferencial do aparelho está no controle com uma tela própria, permitindo que os jogadores o utilizem sem necessidade da TV. A ideia causou um certo alvoroço na comunidade gamer, deixando os fãs à espera por mais novidades, incluindo a mais importante do mercado atual: o potencial do hardware. Novas informações foram divulgadas, porém, não fugia muito do óbvio ou algo que todos já viram em outros consoles das gerações anteriores.   Lançado em 2012, o Wii U chegou para saciar a curiosidade dos mais ansiosos.

Neste mesmo ano, a Sony e a Microsoft anunciaram seus respectivos consoles da 8ª geração, deixando a big N com um ano de vantagem para mostrar aos seus fãs e gamers  o porquê que deveriam adquirir o Wii U, ao invés do Play Station 4 ou do Xbox One. As third parties deram uma força e relançaram alguns títulos do Play Station 3 e do Xbox 360 para o U, mas a sede por novidades ainda rondava os fãs da gigante dos videogames. Leia mais »