Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Gaymer Review.

Hey gaymers! Hoje vamos analisar a terceira temporada de um dos games de maior sucesso da Telltale. Mesmo que seu segundo ano não tenha sido tão impressionante quanto o primeiro, é notável uma evolução no enredo desse novo capitulo na história de Clementine – que não é a protagonista dessa vez.

Assim como seus antecessores, A New Frontier foi lançado no formato de episódios. Com as duas primeiras partes lançadas simultaneamente no dia 20 de dezembro do ano passado, e encerrando a temporada no dia 30 de maio de 2017. Acredito que já comentei anteriormente como eu ODEIO jogos em episódios, parece que compramos um produto por pedaços e uma campanha minúscula acaba durando cinco meses. Mas enfim, vamos a análise que é a parte interessante.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Sem categoria.

Ah, Resident Evil! Um amor que surgiu no primeiro gameplay. Mais exatamente naquela tarde fatídica em meados de 2003, na qual tomei diversos sustos jogando RE 3 com azamiga! Desde então, me vejo apaixonado por esse enredo riquíssimo, com personagens marcantes e tramas mirabolantes. Mesmo que a saída do criador da franquia tenha deixado sua obra prima nas mãos de terceiros, fica nítido que Capcom não faz a mínima ideia de até quando essa história vai se estender, ou se os protagonistas terão um desfecho.

Imagino que  em 10 anos, veremos os mesmos personagens, com cabelos grisalhos (ou não no caso dessa nova versão do Chris), ainda enfrentando os terríveis ataques biológicos com o empenho de sempre. Em Resident Evil 7, lançado em janeiro deste ano, somos introduzidos novamente ao mundo do survival horror clássico – tão implorado pelos fãs – e ao contrário de seu antecessor (na série numerada), foi aclamado pela crítica. Não que RE 7 seja um jogo ruim, longe disso. Mas ao finaliza-lo minha maior dúvida sobre a trama inteira foi: e daí?

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em GaymerCast.

Em 2007 a Bioware deu início a uma ópera espacial que conquistaria milhares de gamers pelo mundo afora. Incluindo este que escreve este post. Foram momentos emocionantes proporcionados por um game incrível, no qual sentimos o carinho e a dedicação de toda a equipe de criação. Se você ainda não conhece essa série maravilhosa, junte-se a nós nesta edição do GaymerCast onde te apresentaremos esse incrível universo.

Comentamos o complexo enredo, seus personagens e os avanços de jogabilidade. Também falamos sobre as origens da produtora que criou a série e o polêmico final do terceiro game. De quebra, ainda fizemos um preview sobre a história do novo título, Andromeda, que será lançado no dia 21 de março. Então se você estiver preparado, embarque na Normandy e venha conosco viajar pela Via Láctea em Mass Effect.

 

E se quiser participar ou dar sua opinião/sugestão para o podcast deixe seu comentário ou envie um e-mail para contato@gaymeover.com.br

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em GaymerCast.

Gaymers queridos!

Amanhã chega às lojas de todo mundo, menos no Brasil, o Nintendo Switch. O próximo console da Big N que de certa forma dá a largada para a 9ª geração. Junto com o novo aparelho, vem a responsabilidade de tentar colocar a gigante japonesa novamente na liderança. Porém, nós do Gayme Over achamos que apesar dos problemas o Wii U foi muito injustiçado, mesmo que ele tenha ficado para trás na corrida da indústria.

Abandonado pelas third parties, com exceção da Ubisoft, o Wii U contém um catálogo de jogos incríveis que poucas pessoas tiveram a oportunidade de testar. Sua proposta de jogabilidade em duas telas proporcionou momentos divertidíssimos para os proprietários do console, que se reuniam em casa com os amigos para aproveitar as obras primas da Nintendo. Porém, nem tudo são flores e os problemas ofuscaram o brilho desse marco na história dos games.

Se você quer saber mais sobre o lançamento do console e os motivos de sua decadência, não perca tempo e aperte o play!

 

E se quiser participar ou dar sua opinião/sugestão para o podcast deixe seu comentário ou envie um e-mail para contato@gaymeover.com.br.

Leia mais »

Escrito em por & arquivado em Angelo, Artigos, Gaymer Review.

A indústria dos games está em uma época cinematográfica, com grandes blockbusters sendo lançados todos os anos, com aquele sentimento de simplesmente querer jogar algo sem muitas pretensões ficando um pouco esquecido. Os jogos antigos nos encantaram, nos fizeram os gaymers que somos hoje, mas, assim como tudo na vida, as mudanças são inevitáveis.

Não quero dizer que os clássicos morreram ou que seus elementos ficaram perdidos no tempo, muito pelo contrário. Eles ainda estão aí, só que com muito menos destaque! E foi nesse mar de jogos tirados diretamente do cinema que a Ubisoft lançou em 2014 um raio de luz (quase que literalmente) chamado Child of Light para Xbox 360, Wii U, PS3, PS4, PS Vita e PC.

Confira abaixo nosso review: Leia mais »